IPM Saúde ganha novas funcionalidades e agiliza o trabalho dos profissionais municipais de saúde em pandemia

Diante da necessidade de monitorar os pacientes nas unidades de saúde em decorrência da COVID-19, o IPM Saúde disponibiliza novas funcionalidades em sua plataforma para melhorar os atendimentos.

Segundo recomendações do Ministério da Saúde, os estabelecimentos de saúde dos municípios devem identificar os pacientes que estiverem apresentando Síndrome Gripal, ou Síndrome Respiratória Aguda Grave, independentemente dos agentes causadores (fatores etiológicos).

Dessa forma, utilizar a abordagem sindrômica, aquela que analisa os aspectos clínicos sem a necessidade de testes laboratoriais, agiliza o processo de triagem e garante o monitoramento mais eficaz dos pacientes.

Isso passa a ter mais relevância durante uma pandemia, quando as funcionalidades para aumentar a agilidade fazem a diferença ao facilitar e contribuir para o trabalho dos profissionais de saúde.

Para as prefeituras que utilizam o IPM Saúde na rotina de trabalho, temos boas novidades: a atualização já foi feita em todas as plataformas e as novas funcionalidades já estão disponíveis.

A seguir, você vai conhecer quais são elas e como utilizá-las.

 

Blocos específicos de atendimento


Nomeado de COVID-19, o bloco está disponível para ser estruturado em uma parte prioritária da plataforma, possibilitando que somente ele seja mostrado, facilitando o atendimento nas tendas de triagem ou em locais específicos para essa finalidade.

 

Blocos personalizáveis


A ordem do bloco pode ser alterada e até renomeada, permitindo que seja reutilizado posteriormente para qualquer outro tipo de epidemia, como por exemplo “Dengue”, “Tuberculose”, “Varíola”, “Febre Amarela”, “Sarampo”, “Aids”, etc.

 

Onde encontrar?


Este bloco poderá ser configurado para ser apresentado nas rotinas de “Pré consulta”, “UPA”, “Ambulatório” e “Multiprofissional”.

 

Funcionalidades da atualização


Situação


Ao habilitar o bloco COVID-19, a cada atendimento será possível informar aos pacientes a “Situação” do mesmo, podendo estar entre as opções:

  • Reincidente;

  • Curado;

  • Excluído;

  • Descartado;

  • Confirmado;

  • Provável;

  • Suspeito;

  • Síndrome gripal;

  • Não informado.


 

Monitoramento


Caso o paciente seja mantido em isolamento domiciliar, o sistema possibilita que sejam informadas as “pessoas com contato próximo”, onde o profissional poderá identificar as pessoas que estão compartilhando o mesmo ambiente/domicílio.

Os integrantes familiares relacionados ao paciente serão apresentados automaticamente, e para cada um deles é possível inserir informações sobre a situação que cada um se encontra.

 

Facilidade para o trabalho dos profissionais de saúde


Os profissionais de saúde ganham muito com a nova funcionalidade, já que a cada atendimento, é possível acessar todas as informações contidas no bloco e atualizar com toda a evolução do paciente e seus relacionados.

As informações dos registros como os contatos telefônicos são salvas automaticamente em prontuários eletrônicos, melhorando o acompanhamento de cada paciente e de seus familiares.

Além disso, a plataforma disponibiliza uma área de contagem dos casos totais já identificados em todo o município, dentro de cada situação, facilitando o acesso as informações para publicação em portais, jornais e mídia em geral.

Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2020 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.