Módulo Tarifa de Água auxilia a gestão do serviço nos municípios

Ferramenta permite realizar todo o controle do abastecimento pelo sistema de gestão da prefeitura


As prefeituras que controlam o serviço de água municipal podem contar, a partir deste ano, com o módulo Tarifa da Água para a gestão desse serviço. A opção disponível no Atende.net, sistema de gestão pública em nuvem da IPM, foi desenvolvida para que os municípios realizem todo o controle do abastecimento, desde a gestão das faturas, serviços realizados (como nova ligação, corte e reparo), análise de água, até o controle dos reservatórios e estações de tratamento.

Além de contar com todas as ferramentas para a gestão das cobranças da tarifa de água do município, o sistema é totalmente web. “Isso permite que o usuário faça a digitação dos dados diretamente no local de leituras, sem a necessidade de utilização de software terceiro, inclusive emitindo a guia de pagamento na hora”, lembra o analista de qualidade da IPM Sistemas, Anderson Moreira.

O Tarifa de Água é integrado com todos os outros módulos do sistema Atende.net como Arrecadação, Dívida Ativa, Contabilidade, IPTU e Taxas, Portal da Transparência, Serviços disponíveis ao cidadão, entre outros.

“Isso faz com que todos os dados estejam disponíveis em tempo real evoluindo dentro da prefeitura, como débitos não pagos sendo transferidos para dívida ativa, transferências de proprietário no IPTU notificando se deseja alterar a ligação, contabilizando os pagamentos de água, e assim por diante”, completa.

Vale lembrar que, como o controle realizado pelo módulo tem plena integração com a aplicação do Atende.Net, todas as vantagens já incluídas na estrutura do software estão garantidas como histórico dos procedimentos, relatórios e consultas totalmente customizáveis, indicadores de gestão, gráficos, notificações customizadas por e-mail/mobile e login de usuário único em todos os módulos.

Até o momento três prefeituras já implantaram o Tarifa de Água: Paraíso Norte (PR), Sul Brasil (SC) e Dois Irmãos (RS) – esta já possui a ferramenta desde janeiro deste ano. A servidora municipal, Rosieli Magnus, do setor de Receita do município gaúcho, está tendo uma boa experiência com o módulo.

“É muito bom, de fácil entendimento e operação. Quando surge qualquer tipo de dúvida, somos muito bem atendidos pelo técnico da IPM. Já estamos em contato com a equipe para desenvolvimento do 'aviso de corte', uma comunicação que será remetida a todos os contribuintes que apresentam três ou mais contas de tarifa de água em atraso”, comenta.

Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2019 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.