Clientes da IPM são destaque em índice nacional de governança municipal

Índice leva em conta informações encontradas em bancos de dados públicos


Finanças, gestão e desempenho das prefeituras de todo o Brasil: estas foram as três dimensões avaliadas pelo Índice de Governança Municipal (IGM) criado pelo Conselho Federal de Administração (CFA) para medir a qualidade da gestão pública dos municípios de todo o País.

O IGM foi elaborado a partir de dados secundários de bases públicas como PNUD, IBGE e STN e identifica o quanto as prefeituras estão sendo eficazes na aplicação de recursos dentro das diversas áreas como saúde, educação, planejamento urbano, articulação institucional, gestão fiscal, habitação, recursos humanos, violência e outras.

Neste ano dezenas de municípios clientes da IPM Sistemas se destacaram no índice em diversos grupos (separados por número de habitantes e PIB per capita). No Grupo 2, por exemplo, o município de Horizontina ficou em 1º lugar entre a cidades gaúchas, enquanto que Itapiranga se classificou em 2ª entre as catarinenses.

No Grupo 4, foi a vez de Estrela (4º lugar) e Dois Irmãos (6º) se destacarem entre as cidades do Rio Grande do Sul. Já em Santa Catarina o município de Timbó ficou em 2º lugar, enquanto que Matinhos ganhou a 9º posição no Paraná.

No Grupo 5, Camboriú foi a 1ª colocada de Santa Catarina, enquanto que Campo Belo foi a 2ª de Minas Gerais. No Grupo 6 os clientes melhores classificados foram Campo Mourão (PR - 8º), Concórdia (SC - 1º) e Santa Rosa (RS - 4º). No Grupo 7 Palhoça ficou em 1º entre as cidades de Santa Catarina e, no Grupo 8, Pouso Alegre ganhou o 3º lugar em Minas Gerais.

Ficamos muito felizes em saber que dezenas de clientes da IPM ficaram bem posicionados no IGM, o que mostra a preocupação com uma governança municipal cada vez positiva. Com os dados, essas prefeituras poderão visualizar as principais necessidades da sua região e aplicar em mais melhorias e na elaboração políticas públicas voltadas para o cidadão”, comenta o diretor-presidente da empresa, Aldo Luiz Mees.

Confira as colocações dos clientes da IPM em cada grupo (separado por habitantes e PIB):

Grupo 2: até 20 mil habitantes PIB per capita acima de R$ 15.028

Paraná: Paraíso do Norte (26º), Pato Bragado (33º), Mamboré (40º), Nova Santa Rosa (41º), Entre Rios do Oeste (53º), Cruzeiro do Iguaçu (152º), Amaporã (161º), Engenheiro Beltrão (164º), Juranda (189º), Foz do Jordão (201º), Peabiru (227º), Cristal do Sul (256º).
Rio Grande do Sul: Horizontina (1º), Sobradinho (45º), Estrela Velha (122º), Joia (160º), Passa Sete(192º), Palmitinho (209º), Bom Progresso (230º),
Santa Catarina: Itapiranga (2º), Salete (8º) e Itapoá (9º).

 

Grupo 4: cidades entre 20.001 a 50 mil habitantes | PIB Per Capita acima de R$ 14.460

Paraná: Matinhos (9º), Dois Vizinhos (20º) e Lapa (24º).
Rio Grande do Sul: Estrela (4º), Dois Irmãos (6º) e Igrejinha (16º).
Santa Catarina: Timbó (2º), Pomerode (5º) e Barra Velha (7º).

Grupo 5: cidades entre de 50.001 a 100.000 habitantes | PIB per capita de até R$ 20.400

Minas Gerais: Campo Belo (2º).
Santa Catarina: Camboriú (1º).

Grupo 6: cidades de 50.001 a 100.000 habitantes | PIB per capita acima de R$20.400

Paraná: Campo Mourão (8º), Marechal Cândido Rondon (9º), Castro (10º), Telêmaco Borba (12º).
Rio Grande do Sul: Santa Rosa (4º), Cruz Alta (19º).
Santa Catarina: Concórdia (1º), Rio do Sul (2º), Indaial (3º), Videira (4º), São Bento do Sul (6º), Biguacu (7º), Mafra (9º).

Grupo 7: acima de 100 mil habitantes PIB per capita até R$28.900

Paraná: Colombo (4º).
Rio Grande do Sul: Alvorada (7º).
Santa Catarina: Palhoça (1º).

Grupo 8: acima de 100.000 habitantes PIB per capita acima de R$28.900

Minas Gerais: Pouso Alegre (3º).
Paraná: Cascavel (4º), Pinhais (6º), Araucária (10º), Arapongas (13º), Paranaguá (14º), Campo Largo (15º).
Rio Grande do Sul: Novo Hamburgo (3º), Bento Gonçalves (7º), Gravataí (9º).
Santa Catarina: Brusque (2º).

Confira todos os municípios classificados no IGM no site oficial clicando aqui.

Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2019 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.