Transparência na Gestão Municipal: Rio do Sul fica em 1° lugar em SC

Mais uma vez Rio do Sul, na região do Vale do Itajaí (SC), é destaque pelas boas práticas de gestão pública. Neste mês de abril de 2021, o município foi apresentado em 1° lugar em um estudo sobre transparência na gestão municipal, realizado por professores da UDESC e da UFSC. O município atingiu a maior pontuação no Indicador de Disclosure Obrigatório (IDO), somando 0,98 (em uma escala de 0 a 1).

"Orgulho. Estamos no caminho certo”, comemora o prefeito José Eduardo Rothbarth Thomé. “Isso graças ao trabalho do poder público, de entidades que fiscalizam o poder público e da população que cobra cada dia mais transparência do poder público", escreveu em suas redes sociais.

Segundo o levantamento, em média, os governos locais divulgam cerca de 69% das informações que deveriam. "A dificuldade no acesso às informações foi principalmente relacionada à dispersão de dados nos portais da transparência, a existência de diferentes softwares nos municípios e a não padronização do layout de disponibilização dos dados", apontam os pesquisadores.

Além do empenho e qualidade da equipe gestora e dos servidores públicos, Rio do Sul conta com o software Atende.Net. O sistema é desenvolvido em plataforma única e 100% em nuvem. Como resultado, proporciona uma gestão mais eficiente, econômica e transparente. Afinal, otimiza as rotinas, dispondo os dados de todos os departamentos no mesmo sistema.

Por exemplo, isso permite o cruzamento de informações com geração de relatórios e gráficos em tempo real. Além de facilitar a identificação de inconsistências e suas correções, garante uma tomada de decisão mais assertiva. Ainda, o Atende.Net pode ser acessado 24h por dia a partir de dispositivos com internet. Outra vantagem é que os dados do Portal da Transparência são atualizados em tempo real.

 

Mais clientes IPM são destaque na pesquisa


Além de Rio do Sul, outros 4 municípios que utilizam o software de gestão pública Atende.Net são destaque no levantamento. Confira os colocados entre as 10 primeiras posições do ranking da transparência na gestão municipal:

  • Rio do Sul - IDO 0,98 - 1° lugar 

  • Aurora - IDO 0,92 - 5° lugar * 

  • Concórdia - IDO 0,92 - 5° lugar *

  • Guaramirim - IDO 0,87 - 7° lugar **

  • Massaranduba - IDO 0,82 - 9° lugar


* empatado com mais 5 municípios
** empatado com mais 1 município

 

Confira as facilidades oferecidas pelo Atende.Net




 

Entenda como foi realizada a pesquisa


> AUTORIA: o estudo "Disclosure dos governos locais: nem tudo é transparente", que avaliou a transparência na gestão municipal, é da professora Valkyrie Vieira Fabre. Ela é vinculada ao Departamento de Ciências Contábeis da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) no Alto Vale do Itajaí (Ceavi). Entretanto, o trabalho é assinado com a coautoria de dois pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC): Antonio Cezar Bornia, do Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas, e Altair Borgert, do Departamento de Ciências Contábeis da UFSC. O artigo final com a avaliação foi publicado na edição deste ano da Revista Principia, vinculada ao Instituto Federal da Paraíba (IFPB).


> OBJETIVO: o artigo analisou o nível de transparência das informações evidenciadas aos cidadãos a partir de um levantamento de dados nos portais da transparência de municípios catarinenses.  


> AMOSTRAGEM: o levantamento dos dados foi feito por meio da análise dos portais da transparência de 58 municípios catarinenses escolhidos aleatoriamente. Para tanto, foi utilizado instrumento de pesquisa já existente. Então foram levantadas as informações evidenciadas pelos municípios de forma obrigatória, ou seja, conforme a legislação vigente.


> MAIS INFORMAÇÕES: conforme a pesquisa, as modalidades que apresentam mais informações obrigatórias divulgadas nos portais dos municípios são referentes a despesas, sítio eletrônico, receita e diárias.


> POUCA TRANSPARÊNCIA: já com relação às modalidades que possuem menor divulgação, estão as informações referentes a transferências, licitações, remuneração dos servidores e informações financeiras.


> APRENDIZADO: em conclusão, o estudo verificou que a maioria dos municípios não atende ao requisito legal de divulgação obrigatória dos dados em seu site oficial e que, em média, apenas 69% dos dados estabelecidos na norma jurídica são cumpridos. Bem como revelou falhas na divulgação e na fiscalização e a necessidade de revisão e aprimoramento do disclosure, da accountability e da transparência das informações disponibilizadas nos sites oficiais dos governos locais.


 

Veja como a tecnologia IPM ajuda a construir Cidades Inteligentes




 

Ranking de transparência da CGU destaca clientes do Atende.Net


As funcionalidades do Portal de Transparência, oferecido pela tecnologia da IPM Sistemas, também posicionam os Municípios em nível nacional. Por exemplo, há 21 clientes da IPM Sistemas entre os destaques do novo ranking de transparência na gestão municipal no Brasil. Os dados estão na 2ª edição da Escala Brasil Transparente (EBT) - Avaliação 360°. O levantamento é da Controladoria-Geral da União (CGU) e foi divulgado em fevereiro de 2021. 

A pesquisa avaliou todos os estados, o Distrito Federal e 665 municípios com mais de 50 mil habitantes (conforme estimativas do IBGE em 2017). De acordo com os critérios de avaliação, cada ente recebeu uma pontuação de 0 a 10 pontos.

Dos Municípios que usam a tecnologia IPM e foram alvo do estudo, destacam-se com excelente avaliação: Araucária (PR), Camboriú (SC), Campo Largo (PR), Indaial (SC), Palhoça (SC), Pouso Alegre (MG), São Bento do Sul (SC) e Três Pontas (MG). Todos com pontuação acima de 8,01.

 

A pesquisa da UDESC e UFSC foi destaque na mídia


O jornalista Renato Igor falou sobre o índice de transparência em cidades de SC no seu comentário no jornal Bom dia Santa Catarina, da NSC TV - afiliada Globo em SC. Confira aqui.

pesquisa da UDESC e UFSC foi destaque na mídia

LEIA TAMBÉM:


> 3 formas de reduzir custos com computação em nuvem nas Prefeituras

> Como se chega aos preços dos softwares de gestão pública

> Tecnologia agiliza o processo de abertura de empresas

> Protocolos rígidos garantem migração para nuvem com segurança

 

Siga a IPM no Linkedin, Facebook, Twitter, Instagram e Youtube

Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2021 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.