Saúde de Pinhalzinho tem aumento de 300% no registro de procedimentos

Sistema de nova geração IPM Saúde foi responsável por possibilitar o envio dos dados ao Ministério da Saúde

A Secretaria de Saúde de Pinhalzinho, no oeste de Santa Catarina, obteve aumento mensal de 300% no registro de procedimentos de atenção básica no último ano. Esses dados são importantes porque influenciam diretamente no repasse de verba ao município, melhorando o atendimento à população e a rotina de profissionais da área.

Segundo o secretário de Saúde Elmo Zanchet, quando o Ministério da Saúde não possui dados concretos para definir os valores que cada prefeitura receberá para o setor, acaba utilizando estatísticas gerais que nem sempre estão de acordo com a realidade do local. Uma delas é a quantidade de habitantes na cidade.

“Nossa população é volante, atendemos pessoas das cidades vizinhas. Por isso que, às vezes, a verba não é suficiente para suprir a demanda. Quanto mais exatos os dados, mais justos são os repasses. Mas, até então, nós não tínhamos como fazer o envio dessas informações pela falta de um sistema integrado ao ministério”, explica.

No ano passado foi feita a implantação do IPM Saúde, sistema baseado em computação em nuvem que gera informações em tempo real para diversos softwares do Ministério da Saúde. Assim, foi possível que os dados de Pinhalzinho chegassem ao órgão. Agora, praticamente todos os procedimentos de baixa complexidade (aqueles realizados em consultórios ou ambulatórios) estão sendo cadastrados e gerando estatísticas confiáveis.  

Além do repasse de verbas, o diretor de Saúde de Pinhalzinho, Cleomar Provenci, lembra que as informações coletadas podem servir para outros objetivos, como prestar contas do andamento do serviço para a população de mais de 16 mil habitantes.

“O aumento no registro de procedimentos não muda a nossa rotina, continuamos fazendo a mesma quantidade de atendimentos básicos. A grande diferença agora é que podemos prestar contas com a sociedade sobre o andamento do nosso trabalho. Os dados comprovam que nossos serviços estão sendo prestados com qualidade e nossos profissionais estão atendendo a demanda existente”, esclarece.

IPM Saúde

O IPM Saúde é um sistema de gestão pública composto por diversos módulos que permitem à Secretaria de Saúde subsidiar os gestores e equipes com informações mais precisas de cada área, facilitando a tomada de decisões.

Baseado em computação em nuvem, permite o acesso remoto de qualquer dispositivo com internet. Ou seja, não é necessário estar em um computador dentro do órgão municipal para usar o sistema. Por ser em nuvem, dispensa investimentos em grandes servidores – os dados ficam armazenados em data centers a distância do usuário e com alto nível de segurança.

Compartilhe
FacebookTwitterGoogle+Email

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2018 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.