Rio do Sul adota plataforma digital inovadora para a gestão pública da saúde

Novos softwares são mais seguros e menos propensos a falhas do que os anteriores


Começaram a funcionar dois novos sistemas de gestão pública em Rio do Sul (SC), no Alto Vale do Itajaí. O IPM Saúde e o IPM Vigilância são integrados ao Atende.Net, que funciona há 04 anos na cidade, e são baseados na computação em nuvem (cloud computing), que mantém os dados mais seguros, integrados e disponíveis.

O primeiro oferece diversos recursos para gerenciar uma das áreas mais importantes do município. Por meio dele os gestores conseguem avaliar a situação da rede pública praticamente em tempo real, a partir da tela do computador ou de dispositivos móveis, monitorando a quantidade de consultas e exames realizados, a fila de espera pelo atendimento e o estoque de medicamentos.

A nova plataforma também permite gerenciar melhor o Programa de Atenção ao Idoso, uma estratégia municipal que oferece gratuitamente a mais de 4 mil cidadãos com mais de 60 anos medicamentos de uso contínuo. Agora as equipes que distribuem os remédios podem montar os kits por bairros, unidades de saúde ou equipes de atendimento e aí saírem às ruas para distribuí-los. A ideia é aumentar o controle e aperfeiçoar a logística, ajudando os pacientes.

Durante o primeiro mês de uso, os gestores já identificaram benefícios. A secretária de saúde de Rio do Sul, Sueli de Oliveira, diz que a principal vantagem é a implementação de um sistema de controle que antes não existia. “Agora, com alguns cliques, toda a equipe tem acesso a informações básicas e essenciais”. A plataforma permite monitorar a quantidade de consultas agendadas, de pacientes atendidos e faltantes, os exames realizados, e oferece controle efetivo dos medicamentos da rede pública. “Nossos custos começaram a cair, pois evitamos gastos desnecessários que causam prejuízos ao orçamento”, afirma.

Outra área que passará por melhorias com a adoção de uma tecnologia mais moderna é a da Vigilância Sanitária. Dentro de duas semanas os gestores municipais e os servidores públicos da cidade poderão utilizar o IPM Vigilância para verificar documentos, emitir alvarás e gerenciar as licenças de tráfego de veículos que requerem documentação especial. A implantação deste módulo na cidade já começou.

Dialetto - assessoria de imprensa
(48) 4009-3223
assessoria@dialetto.com.br

Compartilhe
FacebookTwitterGoogle+Email

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2017 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.