Prefeitura de Lapa (PR) implanta pagamento de tributos via PIX

A Prefeitura de Lapa (PR), na região metropolitana de Curitiba, passou a permitir o pagamento de tributos municipais pela nova modalidade PIX. Agora, basta o contribuinte lapeano acessar o portal da Prefeitura e escolher a opção de pagamento nessa modalidade, podendo copiar a chave para o seu APP bancário e/ou ler o QR Code. Ou seja, é mais uma novidade que chega para qualificar o atendimento ao munícipe.

“A iniciativa da Secretaria da Fazenda visa beneficiar os contribuintes que quiserem pagar seus tributos de forma bem mais tempestiva, ou seja, dentro do prazo legal e com maior agilidade”, salienta a secretária da Fazenda, Maria Genoveva Portes Leke Maciel, mais conhecida por Guina. “O PIX chegou no momento certo, quando estamos em tempo de isolamento social devido à pandemia de Covid-19”, completa.

A inovação também dá mais liberdade ao cidadão, que passa a ter opção de escolha. “Os contribuintes poderão pagar seus débitos utilizando a sua própria instituição financeira, ou qualquer outro banco ou carteiras digitais, sem ter que se dirigir às instituições conveniadas ao órgão público”, explica Guina.

“Além disso, agora podem efetuar o pagamento na segurança do seu lar ou escritório, o que representa rapidez, simplicidade e segurança para a gestão pública e os cidadãos”, completa a secretária.

Essa inovação foi possível porque a Prefeitura de Lapa utiliza a tecnologia 100% em nuvem da IPM Sistemas, uma das únicas empresas de softwares de gestão pública que permite o pagamento de tributos nesta modalidade atualmente. Tão logo a funcionalidade PIX foi liberada pelo Banco Central do Brasil (BC), em novembro de 2020, a IPM fez contato com os bancos para implementar o serviço. 

 

Clientes IPM podem solicitar a habilitação da funcionalidade


As facilidades geradas pela implementação da nova modalidade também contribuem para o aumento da arrecadação municipal. "Liberar o pagamento de tributos municipais via PIX é um grande avanço. É mais uma forma de o contribuinte manter em dia seus débitos, podendo efetuar o pagamento em qualquer banco e em qualquer hora do dia, sem precisar pagar tarifas bancárias entre bancos", analisa o coordenador de Desenvolvimento Tributação da IPM Sistemas, Eng. Marcelo Alvin Kiefer.

Conforme Kiefer, a funcionalidade está liberada para os clientes IPM que possuem convênio firmado com o BB. “O Banco do Brasil foi um dos primeiros a se pronunciar e mostrar interesse nesta integração. Por isso, o sistema está adequado primeiramente ao Banco do Brasil”, explica. 

No entanto, os demais bancos seguem sendo homologados no decorrer dos próximos meses. Ainda, todos os municípios com tecnologia IPM podem solicitar a funcionalidade de pagamento de tributos via PIX. Para isso, os interessados devem contatar o BB e fazer o pedido.

 

Confira as vantagens de usar um sistema em nuvem



Atende.Net proporciona maior controle na gestão pública


A Prefeitura de Lapa (PR) utiliza o Atende.Net desde 2016. Desenvolvido pela IPM Sistemas dentro do conceito da construção de Cidades Inteligentes, o software trabalha com cadastro único. Dessa forma, a administração municipal lapeana controla contabilidade, compras e licitações, gestão de pessoas, folha de pagamento, lançamentos, fiscalização e arrecadação de tributos, por exemplo, em um único sistema. 

Ou seja, todos os departamentos têm acesso à mesma informação, o que elimina duplicações de dados, ampliando o controle geral e a transparência. Além disso, o software IPM trabalha com mais de 50 indicadores que permitem qualificar a gestão pública. Entre eles, estão: comparativo entre receita e despesa; comparativo entre orçado e arrecadado; estatística de pagamento de IPTU; índices de inadimplência; principais receitas do município; entre outros.

Ainda, garante maior controle da cobrança dos impostos, como o IPTU, ISS, ITBI e taxas, bem como oferece diversas funcionalidades para cobrança e fiscalização de tributos. Entre elas, estão emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NFS-e), implantação de Nota Fiscal Premiada e maior controle do ISSQN Bancos. Ou seja, funcionalidades que se revertem em maior arrecadação.

 

Veja como a tecnologia IPM ajuda a construir Cidades Inteligentes




LEIA TAMBÉM:

> 3 formas de reduzir custos com computação em nuvem nas Prefeituras

> Como se chega aos preços dos softwares de gestão pública

> Clientes IPM são destaque no ranking de transparência da CGU

> Tecnologia agiliza o processo de abertura de empresas

> Nova Lei de Licitações e Contratos é sancionada

> Siafic: prazo para apresentar plano de adequação termina em maio/21

 

Siga a IPM no Linkedin, Facebook, Twitter, Instagram e Youtube

Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2021 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.