Palhoça é primeiro município da Grande Florianópolis a adotar computação em nuvem.

A implantação do novo sistema de gestão pública municipal via web completa um ano de operação em Palhoça com a melhoria em processos e otimização de recursos em setores da prefeitura como administração, compras e atendimento ao contribuinte. O município é o primeiro da Grande Florianópolis a adotar a computação em nuvem na gestão pública. Nos últimos 12 meses, o sistema contabilizou mais de 1,1 milhão de operações realizadas via portal do cidadão, destacando-se os downloads de 22 mil carnês do IPTU 2015 _ do total de 95 mil _ , a emissão de contracheques, as consultas ao protelo, a emissão de negativas e extratos de débito.

Com o sistema em nuvem, a prefeitura de Palhoça também reduziu a demanda de investimentos em servidores de banco de dados, cabeamento, manutenção de equipamentos e deixou também de custear CPDs, investimento que pode ultrapassar a cifra de R$ 1 milhão. Palhoça utiliza o software Atende.Net, desenvolvido pela IPM Informática, e usufrui de infraestrutura de armazenamento e segurança de dados, incluindo datacenter, backups e atualizações. Outro benefício da nuvem foi a integração de bancos de dados entre secretarias de Administração, Planejamento e Receita, permitindo o cadastro único dos cidadãos e a integração entre centros de custo.

Segundo a secretária de Administração de Palhoça, Cristina Schwinden, as mudanças tecnológicas permitiram à pasta atender antigas demandas do sistema de compras, como centralizar licitações. “Compras comuns a diversas secretarias, como materiais de limpeza, não podiam ser unificadas. Cada departamento precisava abrir seu próprio processo licitatório, demandando tempo e recursos. Com o sistema em nuvem, a IPM nos fez rever nossos processos e essa foi uma boa oportunidade em meio à implantação do sistema”, explica a secretária, mestre em Administração Pública.

O atendimento dos usuários foi outro benefício destacado. O chat disponibilizado pelo software permite que os colaboradores do município resolvam de imediato pendências no sistema junto aos técnicos da IPM. “Com o canal de atendimento, problemas técnicos não precisam mais passar pelos gestores das secretarias. São resolvidos pelos próprios funcionários”, relata Cristina.

A secretária de Administração atribui parte do sucesso da implantação à comissão criada pelo município para a gestão do processo, desde a mudança. Atualmente, o status é de acompanhamento e melhoria, o que, para o diretor-presidente da IPM, Aldo Luiz Mees, é um importante ponto de apoio. "A implantação do novo sistema em Palhoça foi facilitada em razão da excelente colaboração dos servidores municipais e da criação do Comitê Gestor de Implantação. Dificuldades foram vencidas, tornando o município de Palhoça uma excelente referência em cloud computing na gestão pública”, ressalta Mees.

A partir das possibilidades de autosserviço oferecidas pelo Atende.Net, a secretaria de Administração de Palhoça realiza um mapeamento para a implantação de novos módulos de autoatendimento via internet à população.

 

Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2019 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.