Clientes da IPM são premiados no Fórum de Cidades Digitais por uso de sistema em nuvem

Indaial, São Bento do Sul,  Massaranduba, Rio do Sul e Rio Negrinho serão reconhecidos por inovar a gestão pública por meio da tecnologia cloud computing


Em Santa Catarina, diversas prefeituras vêm investindo em tecnologia para modernizar e agilizar o atendimento aos cidadãos, com sistemas que contribuem para aumentar a eficiência na prestação de serviços e tem impacto positivo sobre as contas públicas. Na próxima quinta-feira (18), prefeitos, vereadores, secretários e demais gestores públicos se reúnem para troca de experiências nessa área durante o III Fórum de Cidades Digitais, em Indaial. O evento é promovido pela Rede Cidade Digital e patrocinado pela empresa.


Na ocasião, cinco municípios clientes da IPM serão reconhecidos por inovar com o auxílio das soluções desenvolvidas pela empresa, como o Atende.net e o aplicativo de autoatendimento homônimo. São eles: Indaial, São Bento do Sul, Massaranduba, Rio do Sul e Rio Negrinho. 


Confira os cases dos clientes da IPM pelo uso do Atende.net:



Indaial: processo digital de compras


Indaial vem investimento na tramitação online de documentos para gerar economia e agilidade no atendimento à população. O município que sedia o evento é um dos primeiros na região a implantar o processo digital de compras, que fez com que o tempo de tramitação dos processos caísse de 20 dias para apenas dois dias na Secretaria de Administração e Finanças.


O próximo passo, segundo o diretor de Informática de Indaial, Paulo Henrique Rodrigues, é implantar o sistema nas outras 12 secretarias municipais. Ao todo, uma média de 15 mil compras são feitas a cada ano no município.


Hoje o secretário consegue liberar pelo aplicativo. A gente agiliza o processo e traz mais comodidade ao contribuinte. Outro ponto importante também é na questão da transparência, onde o cidadão pode conferir todos os detalhes no portal”, ressalta o diretor, acrescentando que a prefeitura também se prepara para emitir alvarás de forma online.


O controle da frota municipal é outra inovação implantada. São 180 veículos, como ônibus, ambulâncias e até tratores, que prestam serviços na zona rural, que passam a ser rastreados. “O objetivo é visando economia mesmo, onde será possível mensurar os gastos. É um passo a mais para garantir transparência também”, observa.



São Bento do Sul: certificado para assinatura digital


A Prefeitura de São Bento do Sul será reconhecida pelo uso do certificado digital para assinatura digital nos documentos de empenho. Implantada em junho deste ano, a ferramenta deve proporcionar mais economia tanto com papel, quanto com impressões. Para ter uma ideia, em 2018 foram utilizadas 19 mil folhas somente com empenhos no âmbito da prefeitura, sem considerar as fundações e autarquias. Em junho de 2019 este número seria muito maior - até maio já haviam sido usadas em torno de 9 mil folhas – se não fosse a iniciativa de implantação da assinatura digital.


Semanalmente eu levava mais de uma hora para fazer as assinaturas de empenho. Agora eu posso fazer em poucos cliques, inclusive sem me deslocar. Com todos os gestores vamos zerar a assinatura física para esses documentos”, comemora a secretária.


A ideia é que, aos poucos, a assinatura digital esteja disponível também aos demais processos físicos e os papéis sejam eliminados gradativamente. “É um sonho e uma necessidade zerarmos o uso de papel na prefeitura. Sabemos que será uma grande quebra de paradigmas, mas não temos porque usar tanto papel. Pra quem está chegando agora é mais fácil, mas nós todos precisamos nos acostumar a não manusear mais o processo físico”, conta.



Massaranduba: aplicativo de autoatendimento


Pensando na praticidade dos usuários do autoatendimento pelo site da prefeitura, o Município de Massaranduba, no norte catarinense, aderiu, em março deste ano, ao App Atende.net. O recurso permite que qualquer cidadão interaja com a prefeitura sem ter que ir pessoalmente ao prédio da administração municipal nem ter que telefonar para os órgãos.


Pela tela do celular é possível emitir carnês de IPTU, acompanhar processos, consultar débitos com o município e efetuar o pagamento de impostos municipais por meio da leitura automática do código de barras das guias pelos aplicativos de bancos, sem a necessidade de impressão do documento.

Além disso, o App Atende.net permite que o morador tire uma foto e informe à prefeitura, por meio do GPS do próprio smartphone, a existência de buracos nas vias públicas ou o entupimento de bueiros e peça o conserto ao órgão responsável. O aplicativo está disponível para Android e iOS.

 

Rio do Sul: IPTU Digital


Há cerca de um ano o município de Rio do Sul implantou o IPTU 100% digital por meio de um projeto de lei. Em 2019 os contribuintes deixaram de receber o carnê impresso para pagamento. A medida vale também para a cobrança de ISS Fixo, Taxa de Verificação do Cumprimento de Normas Municipais (TVCNM) e a Taxa de Vigilância Sanitária (TVS) também já lançadas neste ano.


A novidade integra a política municipal de desburocratização e emprego da tecnologia para facilitar e dinamizar a relação com o contribuinte. O cidadão poderá fazer o pagamento pelo App Atende.Net usando smartphone ou tablet. A técnica é semelhante à usada nos aplicativos de mensagens instantâneas, que emitem um alerta sonoro e visual sempre que há uma informação importante a ser observada. Quem preferir, pode ainda fazer a impressão do documento ou pagar através de meios digitais bancários.

Para o secretário de Administração e Fazenda, Alexandre Pereira, a medida se faz necessária diante da modernização e do uso constante dos recursos digitais. “Não é preciso mais esperar pelo carnê em casa. Assim que o imposto é lançado, o contribuinte já pode acessar e fazer a sua programação. Assim vamos contribuir com a diminuição da emissão de papel, com os custos com entrega e com o tempo do contribuinte”, explica.


A prefeitura estima que 45 mil unidades gerem cobrança de IPTU no município. Destes, em torno de 6 a 7 mil ao ano já haviam aderido ao sistema digital da cobrança, sem emissão do carnê em papel. O índice de retorno dos carnês do correio era de aproximadamente 10% todos os anos, sendo que muitos contribuintes nunca buscam o documento, o que representa desperdício de dinheiro público.


 

Rio Negrinho: governança digital

 

A Prefeitura de Rio Negrinho ampliou os investimentos em governança digital no ano passado com o uso do Atende.net. O objetivo da gestão foi prestar serviços ao cidadão de forma mais ágil, transparente e sustentável ao digitalizar os processos.


No Portal do Cidadão, por exemplo, contadores, engenheiros, corretores, cidadãos e organizações em geral que necessitam de serviços da prefeitura podem ter acesso a vários atendimentos sem sair de casa. O que antes exigia-se a abertura do pedido pessoalmente no setor de protocolo, agora pode ser feito através da internet, pelo site da prefeitura.


Entre os vários novos serviços, um comparativo de melhoria é em relação à emissão do Alvará Eventual. Antes, era necessário que o contribuinte fosse até a prefeitura para continuidade dos trâmites e retirada final. Agora, com o processo correndo online, ele precisará ir somente uma vez para buscar o documento final.


Vale lembrar que, além dos quatro municípios premiados pelo uso do Atende.net no III Fórum de Cidades Digitais, em Indaial, outros seis clientes da IPM também serão reconhecidos por inovações tecnológicas na gestão pública. 


*Com informações da Rede Cidade Digital e da assessoria de imprensa da Prefeitura de Rio Negrinho.

Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2019 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.