Pinhais regulamenta parcelamento de débitos pelo sistema da prefeitura

Contribuinte que tiver dívidas já pode fazer o processo pela internet, sem precisar se deslocar até o prédio da tributação

O pagamento de impostos municipais é imprescindível para manter a saúde financeira de uma prefeitura e aumentar a sua arrecadação. Porém, em época de recessão econômica, é comum que muitos tributos não sejam pagos e a administração precise cobrar essa conta na justiça, a chamada execução da Dívida Ativa.

Essa cobrança é um dos maiores entraves da administração municipal justamente pela falta de mecanismos adequados para fazê-la. Para facilitar esse processo, muitas prefeituras estão aproveitando as facilidades da tecnologia.

É o caso da na Prefeitura Municipal de Pinhais, no Paraná, que publicou, nesta segunda-feira (5), um decreto que regulamenta o parcelamento de débitos administrativos pela internet. Agora, o contribuinte não precisa mais se deslocar até o prédio da tributação para efetuar esse tipo de pagamento.

“O parcelamento pode ser feito em até 24 vezes, totalmente online, pelo nosso sistema de gestão pública, um processo muito mais prático para o contribuinte e para a prefeitura”, explica o diretor do Departamento de Rendas Mobiliárias (Demob), Edilberto Mazon.

O sistema em nuvem de gestão utilizado pela prefeitura é o Atende.Net, desenvolvido pela IPM Sistemas e baseado em computação em nuvem, tecnologia que permite o armazenamento de dados em data centers a distância do usuário e com alto nível de segurança. Com isso, é possível acessar os dados de qualquer lugar com conexão de internet.

Para o contribuinte efetuar o parcelamento da dívida de forma online, é necessário fazer a abertura de cadastro pessoal prévio por meio do Portal do Cidadão, no site da prefeitura de Pinhais. Todo o processo pode ser feito de qualquer dispositivo com conexão de internet.

“Esta iniciativa é um grande avanço no bom atendimento aos cidadãos e empresas de Pinhais. Esperamos que mais prefeituras possam aderir aos sistemas de nova geração e aumentar a arrecadação com as soluções oferecidas pela tecnologia”, comenta o diretor-presidente da IPM Sistemas, Aldo Luiz Mees.

Compartilhe
FacebookTwitterGoogle+Email

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2018 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.