Sua Prefeitura é digital? Faça o teste e descubra! - IPM
IPM - Blog
Administração Geral Administração Geral

Você sabia que 60% dos brasileiros preferem o atendimento de serviços públicos por site, aplicativo ou mensagem de texto? É isso mesmo, foi o que mostrou um estudo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) divulgado neste ano. Porém, para prestar esse tipo de atendimento, a gestão pública precisa estar preparada. Então vem a pergunta: será que a Prefeitura da sua cidade é digital?

Se você não sabe a resposta, então hoje vai descobrir. Para ajudar nesse diagnóstico, a IPM Sistemas criou a “Calculadora da Prefeitura Digital”. Ou seja, um teste rápido e gratuito, que ajuda a conferir o nível de digitalização em que se encontram as Prefeituras. 

Em resumo, a Calculadora da Prefeitura Digital apresenta uma sequência bem breve de perguntas. Então o somatório de pontos das respostas marcadas indica o grau de maturidade da transformação digital do município. O processo é bastante simples. Leva 10 minutos!

Mas como isso é feito? Para saber se uma Prefeitura é de fato digital, o teste considera fatores como uso de tecnologia em nuvem, uso de papéis, automação de controle de processos, digitalização de práticas do dia a dia e interatividade. 

Vídeo: 5 vantagens da Computação em Nuvem na gestão pública

Ter uma Prefeitura digital é um caminho sem volta

Os principais motivos para a população preferir o atendimento digital estão ligados à visão antiga do serviço público: burocracia e morosidade. Sabe aquelas longas filas e as pilhas de papéis que precisam ser levados de um lado para o outro? Então, cada vez mais o cidadão quer passar longe disso!

Pelo menos é o que indica o levantamento do BID. Afinal, 46% dos entrevistados justificaram que preferem atendimento digital para ter economia de tempo. Além disso, outros 29% disseram que é para não ter de ir a uma repartição pública.

E se você pensa que a tecnologia é coisa só dos jovens, engana-se. Ainda conforme a pesquisa do BID, 71% dos entrevistados com idade entre 24 e 25 anos preferem o serviço público digitalizado. No entanto, essa busca começa a subir entre os mais velhos (60 anos ou mais): 41% deles já preferem ter serviços oferecidos de forma digital.

“A tecnologia definitivamente se incorporou no dia a dia das pessoas, e esse é um processo sem volta. Cabe aos gestores públicos avançarem na transformação digital das cidades para oferecer à população os ganhos de eficiência trazidos pela diminuição da burocracia, simplificação de processos e maior interação entre o Poder Público e o cidadão”, analisa o gestor de marketing da IPM, Juliano Carneiro.

Juntamente com a Calculadora da Prefeitura Digital, a IPM Sistemas também apresenta diversos conteúdos em texto e vídeo voltados à gestão pública municipal. Navegando em seu site, os gestores públicos encontram informações sobre uma tecnologia que permite realizar uma gestão mais eficiente, econômica, transparente e participativa.

Vídeo: como a tecnologia IPM ajuda a construir Cidades Inteligentes

Uso de tecnologia facilita e qualifica a gestão pública

Um bom exemplo de solução tecnológica para qualificação da gestão pública é o Atende.Net. O software é desenvolvido pela IPM com tecnologia 100% nuvem e em plataforma única. Além disso, atende múltiplas entidades. Ou seja, contempla Prefeituras, Fundos, Fundações, Autarquias, Institutos e Câmaras de Vereadores.

E todas essas instituições podem manter suas informações em um mesmo servidor de banco de dados. Sendo assim, essa tecnologia de última geração já deixa as entidades adequadas às novas regras do Siafic, que entrarão em vigor em 1° de janeiro de 2023. 

Outra grande vantagem é a economia com equipamentos. Afinal, elimina gastos com servidores de banco de dados, salas exclusivas para Centro de Processamento de Dados (CPD), softwares básicos e aplicativos, cabeamentos estruturados. 

Ao mesmo tempo, a tecnologia IPM qualifica a tomada de decisão ao oferecer uma visão geral da gestão com cruzamento de dados e geração de relatórios em tempo real. Por exemplo, as Prefeituras contam com mais de 50 indicadores, como comparativo entre receita e despesa e entre orçado e arrecadado; estatística de pagamento de IPTU; entre outros. 

O Atende.Net também possibilita maior controle da cobrança dos impostos, da mesma forma que oferece diversas funcionalidades para fiscalização de tributos. Entre elas, estão a emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NFS-e), a implantação de Nota Fiscal Premiada e um maior controle do ISSQN Bancos. 

Diante de tudo que foi mostrado até aqui, já dá para ter uma boa ideia do quanto a sua Prefeitura é digital. Mas, para ter certeza mesmo, somente fazendo o teste. 

-> Acesse aqui e faça agora o teste da Calculadora da Prefeitura Digital

É gratuito!

 

Teste é destaque na imprensa

A criação da Calculadora da Prefeitura Digital chamou atenção da imprensa. Houve publicação sobre o tema no Blog do Prisco, no portal Acontecendo Aqui, no Noticenter, Fato e Correio Catarinense, por exemplo.

IPM Sistemas no Blog do Prisco

LEIA TAMBÉM:

> Sistema Emulado x 100% Nuvem: confira as principais diferenças

> Como a tecnologia facilita a comunicação e a interação com o cidadão

> 3 formas de reduzir custos com computação em nuvem nas Prefeituras

> Processos digitais: Santa Rosa faz análise de viabilidade locacional em 10 segundos

> São João do Polêsine comemora migração e lista 10 benefícios do Atende.Net

 

 

Siga a IPM no Linkedin, Facebook, Twitter, Instagram e Youtube

Voltar Página anterior
Newsletter

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter

Retornar ao topo da página