Dívida Ativa: a tecnologia usada a favor da arrecadação

03/05/2017 por IPM

Em períodos de recessão econômica, os municípios têm o desafio de manter sua saúde financeira e aumentar sua arrecadação. Mas, além de uma administração eficiente, os gestores devem contar com o engajamento e comprometimento dos contribuintes nesta missão – isso porque os impostos municipais são fundamentais para estabilizar as contas.

Quando não há o pagamento dos tributos, o município pode cobrar – de maneira judicial – esses valores. Trata-se da execução da Dívida Ativa. Mas realizar essa cobrança não é um processo fácil. Pelo contrário. A falta de mecanismos adequados para realizá-la é um dos maiores entraves das administrações.

 

landingpage

 

A burocracia excessiva, a sobrecarga do poder judiciário e a falta de integração entre os setores envolvidos no processo são algumas das principais dificuldades. Mas você sabia que essa realidade pode ser mudada, quando se adota a tecnologia?

Pensando nisso, produzimos o e-book Dívida Ativa: a tecnologia a tecnologia usada a favor da arrecadação. Nele, explicamos um pouco mais o que é a Dívida Ativa e como ela pode contribuir para o aumento da arrecadação municipal. Além disso, trazemos um case de uma prefeitura que optou pela tecnologia em seus processos e alcançou ótimos resultados.

Acesse nosso conteúdo e saiba mais!

Download

Sobre o Autor

IPM

Comentários

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2017 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.