Migração e a implantação: entrevista com o gerente Antonio Begnini

Ao contratar um sistema para gestão pública em nuvem é necessário fazer a migração de dados do antigo sistema para o novo. Um “fantasma” que vem à cabeça de muitos administradores públicos nessa hora é a possível ocorrência de estresses com a mudança.

Há receio de que isso possa prejudicar o andamento do serviço, interromper o funcionamento da prefeitura e gerar outros prejuízos nas prestações de contas, no processamento do RH e na receita, por exemplo. Isso tudo sem falar na preocupação com a segurança das informações armazenadas.

Esse receio faz com que, mesmo com a necessidade de mudança pela insatisfação com o sistema desktop em uso, muitos servidores se recusem a investir em inovação - o que não faz sentido tendo em vista a facilidade dessa mudança.

Nesta entrevista o gerente de projetos da IPM Sistemas, Antonio Begnini, tira as principais dúvidas que podem surgir antes e durante o processo. Ele atua na empresa há quatro anos e possui no currículo uma experiência de 12 anos como secretário de governo municipal de Concórdia (SC).

Confira a seguir:

Qual a diferença entre a migração de dados e a implantação do sistema?

Na migração, todos os dados contidos no sistema atual são convertidos para o novo sistema. Neste etapa ocorrem ajustes, parametrizações e configurações na base de dados.

Já na implantação, o sistema é instalado e liberado para o cliente, dividindo-se em etapas como: treinamentos, homologações e acompanhamento local com consultor especializado.

Quanto tempo dura a migração de dados e como ela é feita?

O processo de migração é dividido em duas etapas. A primeira e mais demorada envolve a coleta, analise, criação de migradores e configuração da base. Esta etapa poderá levar até 60 dias, mas não interfere no funcionamento da prefeitura.

A segunda parte é a migração definitiva. Nesta, sim, teremos uma paralisação de no máximo cinco dias e, durante esse período, nenhum dado poderá ser inserido ou alterado.

Todos os dados serão migrados para o novo sistema?

Sim, todos os dados que constam na base coletada serão migrados.

Como são feitos os treinamentos após a migração?

Todos os treinamentos são executados durante a migração definitiva, momento este em que a base de dados não poderá ser utilizada. Os treinamentos são executados em base preparada especialmente para isso e com dados da própria prefeitura.

O órgão público terá a sua rotina prejudicada com o processo?

Todo a migração de dados cria um processo de exceção, pois implica em ajustes e adaptações a um novo sistema, mas a IPM possui um método de implantação bastante eficiente em que estes impactos são amenizados.

Quanto tempo dura a implantação?

O processo de implantação propriamente dito tem um tempo médio de execução de cerca de 30 dias úteis, dependendo do cliente. Neste período, o sistema será utilizado normalmente, onde serão feitos ajustes, se necessários, e com acompanhamento de um consultor.

Confira o passo a passo desse processo no blog do Gestor Público Municipal.

Já aconteceram problemas na implantação?

Sim, já enfrentamos problemas durante as implantações, tanto de ordem técnica, que são de certa forma fáceis de contornar, quanto de ordem pessoal, que vão desde a não aceitação de um novo sistema, até a resistência a mudanças.

Como vencer a resistência de alguns servidores quanto a mudança de sistema por já estarem acostumados com o anterior?

Este é um processo que necessita de uma atenção especial, pois é necessário que todos estejam dispostos a colaborar para o sucesso de uma implantação.

Utilizamos o método de jogo aberto com todos, realizando reuniões que antecedem a migração, compartilhando com os servidores municipais o processo que será executado, os problemas que poderemos enfrentar, as vantagem que o nosso sistema oferece, a redução de retrabalhos e a oportunidade de aprenderem uma nova ferramenta de tecnologia de ponta. Contamos ainda com a presença de consultor especializado em todas as áreas durante todo o processo de implantação.

Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2019 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.