Cloud computing melhora acesso da população às informações públicas

Diferentemente dos sistemas desktop, menos modernos, dados em nuvem podem ser acessados por mais contribuintes

Última palavra em tecnologia para a gestão pública, a computação em nuvem (cloud computing, em inglês) ajuda a democratizar o acesso às informações da administração municipal. Essa é uma das características mais importantes desse tipo de sistema que aumenta o poder de fiscalização do munícipe por permitir que o cidadão use a mesma plataforma que os funcionários públicos durante o autoatendimento.

Ao contrário do que acontece com os sistemas desktop, os dados em cloud não estão num único equipamento da própria prefeitura. Eles são mantidos em data centers com altíssimo grau de segurança e contam com equipes de especialistas de prontidão, 24 horas por dia ao longo dos sete dias da semana. Os técnicos acompanham em tempo real a situação dos equipamentos e mantêm as informações seguras, garantindo que nada se perca e o acesso possa ser feito a qualquer momento. Assim, qualquer cidadão pode monitorar, de qualquer lugar e a qualquer momento, o funcionamento da prefeitura e usar o autoatendimento sempre que desejar.

O que permite que as informações estejam sempre disponíveis é justamente a redundância de todos os ativos e links de internet, além do monitoramento funcional. A tecnologia baseada no modelo desktop depende, diferente da cloud, do funcionamento local de servidores, que geralmente não contam com um sistema redundante e está sujeita a paradas por queda de energia, manutenção e outros problemas técnicos. A quantidade e o tempo de interrupção funcional desse tipo de plataforma costuma ser grande, o que acaba restringindo o uso e o acesso das pessoas.

Por uma conta de uma questão técnica, um servidor desktop que mantenha o site de uma cidade no ar e seja responsável também por guardar os dados dos contribuintes, não pode e não consegue atender a uma demanda muito grande. Essa é uma das razões para algumas cidades obterem notas mais baixas em rankings de avaliação da transparência e terem poucos acessos na página do município.

Para evitar essas situações, a IPM Sistemas aperfeiçoou o Atende.Net há cerca de quatro anos. O sistema, que é uma plataforma completa para técnicos e gestores administrarem a cidade, já conta com a tecnologia em nuvem e permite que qualquer cidadão acesse os dados de forma segura. Tanto que em diversas cidades, a maior parte dos acessos vêm de usuários de fora da intranet. Veja alguns exemplos:  

Sem título-1O Atende.Net e áreas de Contabilidade, Compras, Licitações, RH, Folha de Pagamento, Arrecadação, Processos Digitais e Saúde já estão prontos para operar em cloud. No caso das cidades que ainda mantêm sistemas desktop, a migração pode ser feita rapidamente, eliminando a necessidade de investimentos em infraestrutura, compra de licenças de softwares e pagamento de equipes de manutenção com recursos públicos.

Compartilhe
FacebookTwitterGoogle+Email

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2017 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.