Cidades da região de Caçador divulgam em tempo real gastos com a pandemia

Matéria publicada no Jornal Extra SC. Leia na íntegra:


Cidades da região de Caçador que fazem gestão pública digital estão divulgando em tempo real e de forma automatizada os gastos relativos à pandemia do coronavírus. As prefeituras de Rio das Antas e Três Barras usam uma ferramenta desenvolvida pela empresa catarinense IPM Sistemas que possibilita maior transparência e facilita a prestação de contas ao Ministério Público e ao Governo Federal.

Dentro do software Atende.net, usado pelos municípios para gerenciar digitalmente serviços de atendimento aos seus cidadãos, há uma área exclusiva para que as prefeituras revelem os detalhes sobre a compra de materiais como máscaras e kits de teste rápido, licitações e empenhamento.

Os dados são incluídos no sistema e automaticamente ficam disponíveis no Portal da Transparência da cidade. E, de modo simples e prático, qualquer pessoa pode saber o quanto está sendo investindo, a quantidade de material adquirida e quais são os fornecedores. Basta acessar pela Internet o Portal da Transparência do município, sem precisar instalar nenhum programa ou aplicativo nem fazer cadastro.

O sistema funciona totalmente em modo web e pode ser acessado por meio de smartphones, tablets ou computadores
conectados à Internet. Isso facilita a vida tanto da população quanto dos agentes públicos, que não precisam sequer estar na prefeitura para atualizar os dados e fazer o monitoramento.

“Nossa preocupação era aumentar ainda mais a efetividade das prefeituras, principalmente durante uma situação de tamanha repercussão quanto uma pandemia, que exige uma seriedade ainda maior do que o normal”, explica Aldo Mees, diretor-presidente da IPM Sistemas, que além de Santa Catarina, atende prefeituras no Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e São Paulo.

Aqui no Estado, outros municípios que também oferecem o mesmo sistema são Rio do Sul, Itapiranga, Palhoça, Porto Belo, Concórdia, São Francisco do Sul, Taió e Pinhalzinho, entre outras.

A qualidade da ferramenta foi comprovada pelo Ministério Público do Paraná, que no final do último mês de fez um ranking da transparência das cidades do estado vizinho nos gastos com o novo Coronavírus. Dos 30 mais bem colocados, 22 (incluindo os três primeiros) são municípios que usam a tecnologia desenvolvida em Santa Catarina e aplicada em Rio das Antas e Três Barras.

 

Inovação


Outra inovação criada pela IPM Sistemas durante a pandemia foi em parceria com a cidade gaúcha de Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre. Lá a prefeitura está usando videoconferência para atender a população e resolver questões sobre impostos municipais ou notas fiscais eletrônicas. Basta fazer um agendamento pela internet e acessar uma sala virtual para ser atendido por um servidor público.

A expectativa com a inovação é tão grande que o prefeito avalia o uso da modalidade de atendimento também por outros setores. Nas reuniões por vídeo os funcionários podem verificar documentos exigidos para abrir processos administrativos, o que dá conforto e segurança tanto para a população quanto para os servidores públicos. O atendimento por videoconferência ajuda a manter o distanciamento sem perder a eficácia, pois as pessoas podem esclarecer dúvidas ao vivo com os atendentes.

“A digitalização de processos, que já vinha ocorrendo em todo o Brasil, especialmente na iniciativa privada, ganhou muita força durante a pandemia e a tendência é acelerar ainda mais, pois todos perceberam que utilizar tecnologia pode de fato melhorar o serviço público”, observa Aldo Mees.

Veja os dados em:

Caçador: http://cloud.publica.inf.br/clientes/cacador_pm/portaltransparencia/?p=99&inicio=01/01/2020&fim=31/12/2020
Três Barras: https://tresbarras.atende.net/?pg=transparencia#!/
Rio das Antas: https://riodasantas.atende.net/?pg=transparencia#!/

 

Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2020 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.