Cemitério de Arapongas prevê dados 100% digitalizados até 2020

Inovação será possível graças à ferramenta em nuvem utilizada pela administração


Durante muitas décadas as informações do Cemitério de Arapongas, no interior do Paraná, foram registradas em livros. Fundado em 1939 e com mais de 35 mil sepultamentos, essa prática acabou tornando-se inviável com o tempo. Por conta disso, a administração implantou há dois anos a Gestão de Cemitérios, um moderno sistema para proporcionar mais agilidade aos processos. De lá pra cá todos os novos registros são inseridos na nuvem. Agora, a prefeitura está recadastrando as informações mais antigas para dar início à digitalização do que ainda está em papel.


Segundo o diretor do cemitério, Albino Amaral, o recadastramento deve ocorrer até abril do próximo ano. Depois, inicia-se a inclusão dos dados físicos no sistema em nuvem. A previsão é de que os documentos estejam 100% digitalizados até 2020. “É um projeto que vai nos auxiliar muito no futuro. Os livros estão se deteriorando e é muito difícil fazer pesquisas em papel. Não conseguimos realizar uma busca por nome da pessoa, por exemplo, algo que com a informatização será possível”, explica.

Gestão de Cemitérios facilita a administração dos dados


Integrada à plataforma em nuvem Atende.Net, da IPM Sistemas, a ferramenta Gestão de Cemitérios pode conter dados como a causa da morte, a identificação do médico legista, a localização exata da sepultura, os contatos dos responsáveis pelo sepultamento, dentre outros registros. A plataforma também traz as ações de exumação, remoção de ossos e transferências de sepultados para outros cemitérios.


Além dos registros históricos, organiza vários setores, possibilitando o controle efetivo das informações gerenciais, desde a disponibilidade de vagas até o número de sepulturas ocupadas, além do controle de funerárias, das casas mortuárias, de coveiros e seus horários de trabalho.

O sistema facilita ainda a gestão de cobrança dos espaços dos cemitérios municipais, assim como o período de vigência. A ferramenta permite a geração direta de guias de pagamento e dispõe de serviço de agendamento e emissão das taxas necessárias de forma on-line. Vale lembrar que todos os dados ficam disponíveis 24 horas por dia no Portal de Serviços do município para acesso da população.

Sobre a IPM

A IPM Sistemas atua há 20 anos no desenvolvimento de soluções destinadas à gestão pública, com foco em redução de custos, maior disponibilidade, qualidade e eficiência no planejamento e execução de serviços. Prefeituras, câmaras de vereadores, fundos, autarquias e fundações estão entre os principais clientes que utilizam os sistemas IPM. A empresa, com sede em Florianópolis, conta com aproximadamente 300 profissionais, que atuam nas áreas de tecnologia e consultoria técnica, e oferecem atendimento aos milhões de usuários espalhados pelo País.

Compartilhe
FacebookTwitterGoogle+Email

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2018 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.