Uso de aplicativos mobile cresce entre brasileiros com popularização dos smartphones

08/08/2019 por IPM

uso-de-apps-cresce-entre-brasileiros-com-popularizacao-dos-smartphones


Pesquisa traça perfil de consumo de aplicativos mobiles no Brasil


É até difícil lembrar como era viver sem as facilidades de um smartphone. Hoje inúmeros serviços podem ser realizados na palma da mão, em um clique, sem precisar de deslocamento ou fazer ligações. Para ter uma ideia, o Brasil superou a marca de um smartphone por habitante em 2018, de acordo com a 29ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP).


Com a popularização dos smartphones surgem os aplicativos mobiles, que podem ser usados para diversos fins, de jogos virtuais a transações bancárias. Outra pesquisa, realizada em abril deste ano pelo site de notícias Mobile Time e a empresa de soluções em pesquisas Opinion Box, traz informações importantes sobre o comportamento de consumo de apps no Brasil.


A pesquisa foi feita com 1763 brasileiros que acessam a internet e possuem smartphone. Desse público, 62% utilizam smartphones há mais de três anos, 27% entre um e três anos e 11% há menos de um ano.


Do total, 96% deles afirmaram já terem baixado um aplicativo no celular. E esse fenômeno é diário e frequente - 44% dos entrevistados fizeram esse download há mais de 24h ou menos de um mês e 35% há menos de 24h. Apenas 16% afirmaram que não baixavam apps há mas de um mês.


Os apps favoritos dos brasileiros segundo a pesquisa são WhatsApp, Facebook, Instagram, Google, Google Chrome, Uber, Youtube e Banco do Brasil – em ordem de primeiro para último lugar. Vale ressaltar que um segmento que tem se destacado é o das fintechs, startups que trabalham para inovar e otimizar serviços do sistema financeiro como é o caso da Nubank e do Banco Inter.


Porém, bancos tradicionais, como a Caixa Econômica, também apresentaram crescimento – ela aumentou a participação na homescreen (tela inicial) pela segunda edição consecutiva da pesquisa. Isso demonstra a procura dos brasileiros por facilidades: por que ir pessoalmente até o banco quando não há necessidade?


Mas não são apenas os bancos os beneficiados pelo uso de apps. Há crescimento da presença de apps de comércio móvel, como Uber, 99 e iFood na tela inicial do smartphone do brasileiro, o que demonstra como o aparelho virou definitivamente um instrumento de compra, ganhando espaço no dia a dia.


A pesquisa da Mobile Time e da Opinion Box também identificou que em dois anos subiu de 46% para 58% a proporção de brasileiros que realizam compras por app e 38% dos internautas assinam algum serviço de streaming de filmes ou séries, como Netflix.


Toda essa facilidade é possível graças à tecnologia em nuvem, que fornece o acesso aos serviços 24h por dia, 7 dias na semana, eliminando aos poucos muitos serviços físicos que ainda existem por questões culturais ou de legislação.


O cidadão adaptado ao uso de apps dificilmente voltará atrás: ele está cada vez mais seguindo essa tendência e buscando autonomia também na busca pelos serviços públicos. Com o acesso a um aplicativo de autoatendimento integrado ao sistema da prefeitura não é mais necessário enfrentar filas no órgão municipal ou fazer ligações para resolver pendências, tampouco enfrentar o trânsito das cidades. É uma realidade em que o gestor público deve ficar atento para melhorar ainda mais a gestão do município , otimizando o trabalho do servidor e melhorando a vida das pessoas.


Quer saber como um app de autoatendimento pode beneficiar o seu município? Conheça o App Atende.Net, aplicativo de autoatendimento da IPM integrado ao sistema da prefeitura.

Sobre o Autor

IPM

Comentários

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2019 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.