Tecnologia X produtividade: como equilibrá-las e usá-las como aliadas

06/09/2017 por IPM

organization-chart-1989202_1920Os últimos anos foram marcados pela evolução tecnológica. As novas tecnologias chegaram para contribuir em muitos âmbitos, mudando a sociedade como um todo. O consumo das informações foi alterado, assim como a forma de compartilhá-las. Essas mudanças passaram a nortear muitas tendências e auxiliar no dia a dia das pessoas – inclusive no mercado de trabalho.

Mas muitos gestores acreditam que, ao mesmo tempo que a tecnologia auxilia nas rotinas, ela pode comprometer a produtividade dos profissionais. Mas quais vantagens o avanço tecnológico pode trazer às atividades profissionais, quando usada com equilíbrio?


Acessibilidade 


A tecnologia possibilita o acesso facilitado a conteúdos relevantes – e irrelevantes também. Resta ao usuário ponderar qual o melhor uso das plataformas de acesso. No trabalho, a acessibilidade oferece mais autonomia e agilidade aos usuários/funcionários. Com a tecnologia, o que antes necessitava da presença física do usuário, agora pode ser acessado de maneira remota e ágil. Com a ampliação do acesso, a produtividade pode aumentar de forma considerável – já que o trabalho pode ser desenvolvido a partir de qualquer lugar –, e o conhecimento pode ser adquirido de maneira mais democrática.


Melhor gerenciamento de processos


Com a tecnologia, é possível contar com o auxílio de plataformas que auxiliam no gerenciamento de processos. A partir delas, são mapeadas as atividades, status de cada uma e quais os responsáveis por sua execução. Com a análise do cenário, é possível dar vazão às demandas e melhorar a produtividade.


Automatização


Automatizar processos não significa eliminar o papel desempenhado pelas pessoas. Pelo contrário. Significa otimizar as atividades feitas, gerenciar melhor o tempo de execução de cada uma delas e agilizá-las. E a automatização só é possível graças ao uso da tecnologia.


Escalabilidade


Com o aumento das demandas, é essencial que os produtos e soluções sejam escaláveis. Isso significa ampliar a capacidade de atendimento sem que os custos sejam aumentados. A escalabilidade dos sistemas e processos aumentam a competitividade do negócio e também só é possível graças à tecnologia.

A presença da tecnologia em nossa vida é algo irreversível. O que nos resta é adequarmos nossas rotinas e buscar a utilização dos recursos de maneira ponderada. Na realidade da gestão pública, os aspectos levantados acima também são passíveis de serem aplicados. Para contar com os benefícios trazidos pela tecnologia, o primeiro passo pode consistir na escolha de um sistema de gestão adequado.


Como um sistema pode auxiliar no aumento da produtividade?


Um sistema em cloud computing pode possibilitar a integração de diferentes setores da administração municipal. As etapas 'analógicas' dão espaço a uma abordagem tecnológica, onde o acesso é ampliado. Com um sistema de gestão pública moderno, é possível também gerenciar processos e controlar as demandas, visualizar todas as etapas e perceber onde estão os problemas – e qual a melhor forma de solucioná-los. Com isso, há um consequente aumento da produtividade.

Por se tratar de um sistema em nuvem, muitas rotinas podem ser automatizadas e a mão de obra dos servidores ser alocada em outras atividades – já que as demandas que antes eram desenvolvidas por eles podem ser feitas pelo próprio cidadão.

Como já se pôde perceber, a produtividade tem relação direta com o uso consciente da tecnologia. São muitos os recursos, basta que os gestores enxerguem quais as vantagens de sua utilização e como aplicá-los de maneira assertiva. Quer saber como aliar tecnologia e produtividade em sua prefeitura? Entre em contato conosco!

Sobre o Autor

IPM

Comentários

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2020 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.