Pesquisa aponta que 80% das empresas brasileiras têm planos de migrar pra nuvem em um ano

26/06/2019 por IPM

pesquisa-aponta-que-80-das-empresas-brasileiras-tem-planos-de-migrar-para-nuvem-em-um-ano

A maioria das empresas busca melhorar a sua infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI) para atender às demandas internas e às exigências do mercado. A computação em nuvem (cloud computing) é uma das formas de inovar nesse meio. Nos últimos anos ela está sendo apontada como uma das mais modernas e eficientes formas de armazenamento de dados, gerando economia, praticidade e segurança. Não é à toa que grande parte das companhias já estão na nuvem.

A SAS Brasil, empresa de inteligência, fez um estudo entre fevereiro e março desse ano com 286 executivos de alto escalão das áreas de tecnologia e análise de dados de grandes empresas da América Latina. O resultado: 80% das empresas entrevistadas têm ou terão um projeto baseado em computação em nuvem nos próximos 12 meses. Participaram da pesquisa 180 brasileiros de companhias das áreas de varejo, telecom, setor público, serviços de utilidade pública, indústrias, serviços financeiros e bens de consumo.

O estudo revela que a tecnologia de nuvem já é uma realidade dentro das empresas quando se trata da aplicação de Analytics: 39,47% dos executivos informaram que uma migração para a nuvem está prevista para os próximos 6 ou 12 meses; 27,19% afirmaram que já possuem casos de uso de análise de dados na nuvem; e 11,40% disseram que possuem aplicações analíticas na plataforma, mas enfrentam problemas com a sincronização de dados.

A preocupação número um dos tomadores de decisão de TI e analistas de dados na hora de migrar os aplicativos para a nuvem é a segurança da informação para 66,67% deles, seguida pela sincronização dos dados com 57,02% das respostas. A segurança da nuvem, inclusive, foi apontada como uma das principais tendências de tecnologia para 2019 pela companhia Dimension Data

Apesar de a segurança ser um dos principais benefícios que o armazenamento em nuvem pode proporcionar para as empresas, vale lembrar que ele não é o único. Somam-se a ele, principalmente, a redução de custos e a disponibilidade e agilidade no acesso (de qualquer dispositivo com internet), além de muitas outras vantagens.

Como você pode ver, a migração para a nuvem é uma realidade cada vez mais frequente em empresas de grande porte. Na área pública o uso dessa tecnologia ainda está em processo de popularização – embora já tenho crescido muito. Para ter uma ideia, cerca de 30% das instituições das diversas instâncias de governo brasileiras já utilizam a nuvem, de acordo com uma pesquisa da HDI AGOV, de 2018. 

Aos poucos a área pública está atentando-se para a tecnologia de interesse da população e percebendo na prática que ela é essencial para a expansão de serviços e recursos em todas as áreas, além de promover a autonomia do cidadão e agilidade de processos.

Está pensando em inovar a sua gestão da mesma forma que as grandes empresas? Confira esta entrevista com o gerente de projetos da IPM Antonio Begnini e tire as suas dúvidas sobre a migração e implantação de sistemas em nuvem na área pública.

Com informações da Associação Brasileira das Empresas Software (Abes).

Sobre o Autor

IPM

Comentários

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2019 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.