Passo a passo: como funciona a implantação do sistema em nuvem

27/11/2018 por IPM

Fazer a migração do sistema de gestão pública e adotar uma solução em cloud computing é um importante passo para o município. Pode ser o caminho para uma administração mais moderna, um melhor atendimento ao cidadão e até um aumento no recolhimento de receita municipal, como o ITBI e o IPTU. Mas qualquer tipo de mudança tende a provocar muito receio nos gestores -  principalmente quando envolve uma infinidade de informações que podem ser colocadas em risco e trazer grandes prejuízos para a administração.

Para sanar as dúvidas de gestores e servidores, desvendamos todas as etapas da implantação no passo a passo a seguir. Entenda o processo de forma detalhada:

1. Levantamento e diagnóstico e configuração da base de dados

Na primeira etapa do processo de implantação, os consultores técnicos da IPM Sistemas fazem a coleta de informações, identificando as necessidades específicas do município, configurando o sistema e fazendo adequações necessárias para que a migração de dados possa ocorrer

2. Instalação do sistema

Em seguida ocorre a instalação do sistema no ambiente computacional em data center destinado à prefeitura.

3. Migração definitiva dos dados

Nesta etapa o banco de dados do sistema atual é coletado de forma definitiva e dá-se início ao processo de migração dos dados atualizados. Nesta fase o sistema atual não pode ser acessado pelos usuários e também não podem ser inseridos novos dados no sistema.

4. Treinamento de usuários

Esta etapa ocorre no cliente e tem o objetivo de capacitar o público usuário do sistema. O consultor técnico da IPM realiza uma capacitação com uma base de treinamento web, para que os usuários, ou seja, os servidores municipais, possam praticar de forma real as rotinas do dia a dia de sua função na prefeitura e tirar as suas dúvidas.

5. Homologação de migração e configuração em cliente

A homologação ou validação dos dados migrados é o reconhecimento oficial de que o processo foi feito corretamente. Esta etapa também ocorre no cliente e é realizada pelos consultores técnicos da IPM Sistemas, juntamente com os usuários do sistema responsáveis por área. A homologação dos dados migrados deve ser feita, necessariamente, pelos servidores da prefeitura, sendo que os consultores da IPM estarão presentes para esclarecimentos ou para fazer correções quando necessário.

6. Acompanhamento local após a instalação

Após a liberação do sistema para utilização dos usuários, os consultores técnicos da IPM permanecem em todas as áreas da prefeitura que utilizam o sistema para auxílio na operação do programa por cerca de 30 dias. Após esse período, a equipe de atendimento assume o acompanhamento.

7. Transição para atendimento

O processo de implantação do sistema é executado por equipe especializada. Após conclusão da implantação, o atendimento aos usuários será feito por equipe específica de atendimento. Esta equipe fará os atendimentos através de visitas periódicas ao cliente, via chat, e-mail ou telefone.

Quer saber mais sobre este assunto? Baixe agora o e-book Guia da migração de tecnologias públicas: como adotar sistemas modernos e seguros clicando aqui.

implantação, passo a passo, sistema em nuvem

Sobre o Autor

IPM

Comentários

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2018 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.