Carmo do Cajuru (MG) adota tecnologia em nuvem IPM para modernizar gestão pública 

01/04/2021 por IPM

A Prefeitura de Carmo do Cajuru, no Oeste de Minas Gerais, deu um passo importante para a modernização de seus processos em 2021. Nesta primeira semana de abril, está implantando a tecnologia em nuvem IPM para gestão pública. Ou seja, está sendo realizada a fase de migração de dados para o software Atende.Net. Ao mesmo tempo, os servidores públicos estão recebendo treinamento da equipe IPM.

Com o novo sistema, a administração municipal passa a contar com uma solução tecnológica desenvolvida dentro do conceito de construção de cidades inteligentes. Afinal, o Atende.Net é uma plataforma única 100% em nuvem, que oferece visão geral em tempo real do trabalho de todos os departamentos em uma única tela, o que garante uma gestão mais eficiente, transparente e com participação do cidadão, um dos pilares das “smart cities”.

O prefeito Edson Vilela comemora a nova fase da Prefeitura e salienta a importância da adoção de uma gestão tecnológica dos serviços prestados à população. “É um novo sistema de atendimento que irá revolucionar a gestão pública, permitindo que vários serviços prestados pelo poder executivo sejam feitos no conforme de casa ou da empresa”, explica. 

Carmo do Cajuru é uma comunidade antiga, fundada em 1815. Em 27 de dezembro de 1948 foi elevado à categoria de município. Atualmente conta com 87,9% dos domicílios com esgotamento sanitário adequado e com 71% de vias públicas arborizadas, também conforme o IBGE.

Além disso, o município de 22.693 habitantes, conforme o IBGE, possui alto Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), de 0,710, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Esse indicador varia de zero a um, e considera o progresso em três dimensões: renda, educação e saúde.

 

Confira o depoimento do prefeito Edson Vilela




 

Visão geral e controle de dados melhoram arrecadação municipal


Com a implantação do Atende.Net, a administração municipal de Carmo do Cajuru passará a contar com um controle mais apurado de seus dados, o que permite inclusive aumentar a arrecadação. Primeiramente, porque terá as informações de todos os setores em uma mesma plataforma, o que evita retrabalhos ou duplicações, resultando em agilidade e eficiência.

Além disso, o software IPM trabalha com Business Intelligence (BI), ou seja, oferece mais de 50 indicadores que permitem qualificar a gestão pública. Entre eles, estão: comparativo entre receita e despesa; comparativo entre orçado e arrecadado; estatística de pagamento de IPTU; índices de inadimplência; principais receitas do município; entre outros.

A implantação dessa tecnologia para gestão pública também possibilita o aumento da arrecadação do município, ao garantir maior controle da cobrança dos impostos, como o IPTU, ISS, ITBI e taxas, bem como oferece diversas funcionalidades para cobrança e fiscalização de tributos. Entre elas, estão emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NFS-e), implantação de Nota Fiscal Premiada e maior controle do ISSQN Bancos. Ou seja, funcionalidades que se revertem em maior arrecadação.

 

Veja como a tecnologia IPM ajuda a construir Cidades Inteligentes




 

Cidadão ganha facilidades para seu atendimento


O cidadão cajuruense também ganha vantagens como o autoatendimento do novo sistema implantado. Afinal, ele também passa a ter acesso à Prefeitura 24h por dia, e em qualquer lugar, a partir de um dispositivo com internet. Via Portal do Cidadão, pode emitir sua guia de IPTU ou ITBI, por exemplo, ou reparcelar sua dívida. E pode gerar seu boleto ou já efetuar o pagamento na nova modalidade PIX. Tudo com poucos cliques, sem sair de casa ou do escritório, sem burocracias ou filas.

A tecnologia de gestão pública Atende.Net oferece um leque com mais de 300 serviços, sendo que a administração pública é que define quais serão oferecidos à população. Entre eles, está o recurso de Videoatendimento, que permite munícipes, fornecedores e credores conversarem em tempo real com o servidor com segurança e qualidade, sem deslocamentos.

 

Confira como é o processo de migração do sistema IPM




 

Implantação de Processos digitais gera agilidade e economia de papel


Com o software Atende.Net, a Prefeitura de Carmo do Cajuru agora passará a fazer sua contabilidade, compras e licitações, gestão de pessoas, folha de pagamento, lançamentos, fiscalização e arrecadação de tributos em um único sistema. Além disso, poderá cruzar vários dados, gerando gráficos otimizados, de forma rápida e simples. Tudo em tempo real, de forma rápida e sem uso de papel

Várias cidades que usam o Atende.Net já estão contabilizando essas vantagens. Por exemplo, Rio do Sul (SC) teve economia expressiva com o Projeto Rio do Sul sem Papel. Em 2020, foram poupados R$ 250 mil no consumo de papel e materiais de escritório. Além disso, em 2018 gastou R$ 544.880,79 com os Correios, contra R$ 247.948,68 em 2020. Ou seja, já poupou quase R$ 500 mil, que foram revertidos em melhorias na estrutura do município. 

Outro exemplo vem de Gravataí (RS). “Em 2019, tivemos quase 76 mil processos exclusivamente digitais. Não tem cópia física, não tem papel. É quase 1.000.000 de folhas de ofício que deixamos de utilizar no período que, além de gerar economia para o município, ainda gera sustentabilidade”, destaca o secretário de Administração de Gravataí, Alexsandro Lima Vieira.

Embora a pandemia tenha exigido isolamento social, os órgãos públicos que operavam o Atende.Net estavam preparados para seguir atendendo bem. Prefeituras de SC, RS, PR, SP e MG que usam a tecnologia de gestão pública IPM viram o número de processos digitais abertos via portal ou aplicativo aumentar 255% em 2020. 

Além disso, cresceu 268% o número de documentos assinados digitalmente entre 2019 e 2020, havendo incremento de 33,6% no total de novos usuários da plataforma. Ainda, levantamento feito junto à plataforma Atende.Net mostrou que foram realizados 3,7 milhões de acessos a serviços públicos via autoatendimento ou aplicativo.

 

LEIA TAMBÉM:


> Protocolos rígidos garantem migração de sistema desktop para nuvem com segurança 

> Reduzir o uso de papel gera economia e produtividade para as gestões públicas

> Saiba como as assinaturas digitais e eletrônicas facilitam a rotina em órgãos públicos

> Cidades inteligentes: mais 10 municípios de cinco estados adotam solução 100% em nuvem da IPM Sistemas

 

Siga a IPM no Linkedin, Facebook, Twitter, Instagram e Youtube

Sobre o Autor

IPM

Comentários

Newsletter IPM

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos sistemas.

© 2021 IPM Sistemas de Gestão Pública. Todos os direitos reservados.