Gestão de cemitérios: como a tecnologia facilita o trabalho das Prefeituras
IPM - Blog
Administração Geral Administração Geral

Todo cidadão brasileiro tem o direito de sepultar seus entes queridos, assim como de ser sepultado quando falecer. Um tema delicado, porém importante e que precisa receber atenção. Especialmente pelos administradores municipais, uma vez que é dever dos Municípios fazer a gestão dos cemitérios públicos e de fiscalizar os particulares.

Ou seja, cabe às Prefeituras garantir que sempre exista local para o sepultamento de qualquer indivíduo. E uma das práticas mais comuns é usar livros de registro e arquivos físicos para controle de vagas e de túmulos ocupados. Porém, cemitérios maiores geram imensa quantidade de informação, o que dificulta a gestão. Tanto que não é raro ocorrerem extravios de documentos, dificultando a localização de uma sepultura ou mesmo saber quem está nela.

Felizmente, existem soluções tecnológicas para gestão pública que também fazem o controle funerário. Aliás, a tecnologia é uma grande aliada dos gestores, inclusive quando o assunto é gerir cemitérios. Vamos a um exemplo: pense na situação em que o cidadão chega, pergunta onde está enterrado um parente, e o Servidor público responde em 1 minuto. Ou, então, uma Prefeitura que permite ao próprio munícipe consultar no Portal do Cidadão, sem sair de casa, onde está o jazigo do seu ente querido.

Agora, imagine outro caso: a administração municipal precisa tomar uma decisão sobre a necessidade de expansão do cemitério nos próximos anos, requerendo um investimento considerável. Para isso, deve avaliar diversos fatores, como a quantidade de sepulturas cedidas que vão ficar vagas e a quantidade de sepulturas ainda disponíveis. Poder confrontar esses dados com a média de utilização nos períodos anteriores torna a decisão muito mais fácil e precisa.

Para detalhar essas vantagens, listamos 9 facilidades que a tecnologia desenvolvida pela IPM Sistemas oferece à gestão dos cemitérios municipais. Confira:
  1. Controle completo de dados sem uso de papel
  2. Localização rápida de sepulturas
  3. Histórico de dados do falecido
  4. Consulta pública dos sepultamentos
  5. Melhor gestão das sepulturas cedidas
  6. Registro rápido e fácil de velórios
  7. Integração com os demais departamentos municipais
  8. Facilidade de controle tributário
  9. Melhor gestão do uso de materiais

 

A seguir, entenda melhor como essas facilidades agilizam a rotina de gestão dos cemitérios nas Prefeituras:

1) Controle completo de dados sem uso de papel

Ficar horas procurando em que página de qual livro está um registro é coisa do passado. Com uso de sistemas desenvolvidos com tecnologia cloud computing para gestão de cemitérios, não é mais preciso usar cadernos e arquivos físicos. Tudo pode ser gerenciado diretamente na nuvem e consultado em qualquer hora e dia, a partir de dispositivos com Internet.

Para realizar essas tarefas, por exemplo, pode-se utilizar o software Atende.Net, que é desenvolvido 100% em nuvem e otimiza todas as rotinas dentro de uma Prefeitura. No seu módulo Cemitérios, rapidamente é possível cadastrar cemitérios, capelas mortuárias, funerárias e ossários, bem como gerir a equipe de coveiros, com registro dos horários de entrada e saída e os dias da semana.

Além da facilidade para inserir ou consultar os mais diversos dados, esse software elimina o risco de extravios de documentação e gera expressiva economia de papel dentro da gestão pública.

 2) Localização rápida de sepulturas

Com a modernização digital da gestão dos cemitérios municipais, as Prefeituras ganham agilidade e facilidade para conferir disponibilidade de vagas ou número de sepulturas ocupadas no município. Com poucos cliques, também conseguem incluir dados e consultar o histórico de alterações de lote/sepultura, bem como gerenciar transferências de sepultados.

3) Histórico de dados do falecido

No sistema Atende.Net, todos os dados dos falecidos são registrados e consultados em poucos minutos. Ou seja, informações como data do falecimento, causa da morte, médico que declarou o óbito, funerária responsável, capela mortuária onde será velado, etc. Além disso, permite agendar o sepultamento já relacionando o local e os coveiros que serão responsáveis.

 4) Consulta pública dos sepultamentos

Uma vez estando todos os dados no sistema da Prefeitura, esses registros também ficam disponíveis para consulta da comunidade. Por exemplo, é comum as pessoas procurarem nos jornais ou ficarem atentas à programação das rádios para saberem os obituários, que são os informes de quem faleceu naquele dia ou semana.

Com o Atende.Net, o cidadão pode simplesmente acessar o site da Prefeitura e consultar tanto a lista de velórios quanto se tem algum familiar enterrado na cidade, pesquisando pelo sobrenome. Basta entrar no site, abrir a tela e consultar, sem login ou senha. Em qualquer dia e horário, pois o sistema fica disponível 24h com acesso pela Internet. Ou seja, o cidadão não precisa ir até a Prefeitura para perguntar onde está enterrada a pessoa X, Y ou Z, ele consulta no Portal.

5) Melhor gestão das sepulturas cedidas

Outra facilidade que o sistema Atende.Net oferece à administração pública de cemitérios diz respeito à gestão das sepulturas cedidas. Afinal, os Municípios têm a obrigação de fornecer inumação aos cidadãos sem condição de pagar. Nesse caso, a Prefeitura faz o enterro gratuito do cidadão e mantém a sepultura por um período de tempo específico, que varia conforme a idade e a causa da morte.

Após transcorrido o prazo definido pela legislação de cada Município, é feita a exumação desse sepultado e dada a destinação conforme contato com os familiares, que pode ser transferência, cremação ou depósito no ossário. Dessa forma, abre-se vaga para novos sepultados cedidos.

Como visto, é um processo longo e delicado, que exige muito controle. Em muitos cemitérios, esse trabalho ainda é feito todo via arquivo de papel, com geração de relatórios também em papel. Além de ser um processo demorado, há risco de extravios. Até mesmo casos de alagamentos ou incêndios podem consumir toda essa documentação.

Já com um sistema 100% em nuvem, como é o Atende.Net, os dados ficam seguros, e podem ser consultados em poucos minutos. Por exemplo, é possível consultar a quantidade de sepulturas cedidas que vão ficar vagas nos próximos meses, assim como identificar os sepultados para poder entrar em contato com as famílias.

6) Registro rápido e fácil de velórios

Outra vantagem de contar com um sistema moderno para gerenciamento de cemitérios é ter facilidade para registrar velórios. Nas Prefeituras que utilizam o módulo Cemitérios do Atende.Net, às vezes ocorre de apenas o velório ser realizado no cemitério municipal e não o sepultamento.

Mas isso não é um problema, pois o sistema fornece funcionalidades para registrar esses velórios, inclusive possibilitando o levantamento dos valores de custeio da cerimônia com repasse ao responsável. Um processo rápido e simples, sem a necessidade de usar papel.

7) Integração com os demais departamentos municipais

O gerenciamento dos cemitérios públicos requer tanta atenção quanto qualquer outra área dentro da administração municipal. E a melhor forma de fazer isso é tendo um sistema único, que disponibilize todos os dados da gestão de forma rápida.

Isso é possível com a tecnologia cloud computing, como é o Atende.Net. Com esse tipo de solução tecnológica, evita-se retrabalho com cadastro em vários sistemas diferentes e duplicação de dados (vários cadastros para o mesmo CPF). Sobretudo, permite cruzar informações e gerar relatórios e gráficos em tempo real.

Facilidade que atinge também a gestão de cemitérios. Por exemplo, é possível gerar relatórios de sepultados x funerária, por períodos específicos ou por local. Ou, ainda, de sepultados x causa da morte. Esse tipo de dado pode ser interessante especialmente nesta época de pandemia, pois permite levantar o número de sepultamentos com causas de morte por questões “respiratórias”, por exemplo.

Ou seja, é uma tecnologia que oferece maior controle da gestão, pois as informações “se comunicam” com outras áreas, como Arrecadação, Fiscal, Dívida Ativa, Portal da Transparência, tornando a gestão mais eficiente.

8) Facilidade de controle tributário

Fazer a gestão de um cemitério vai além do controle de vagas para sepultamentos, pois também existem gastos que precisam ser gerenciados. Por isso é uma grande vantagem ter a integração do módulo Cemitérios com o de Arrecadação, permitindo que os lançamentos tributários sejam automatizados. Ou seja, à medida que é incluído um novo sepultamento no sistema, é gerada a guia de tributos.

Igualmente fica mais fácil gerenciar pagamentos, saldos e origem, bem como programar a emissão de alerta de débito nos casos em que o declarante responsável pelas rotinas do sepultamento possuir dívida em aberto.

Até mesmo a quitação dos encargos é facilitada, podendo ser efetuada pela Internet, sem filas nem papel, tanto por código de barras quanto via Pix. Aliás, é uma prática oferecida por Prefeituras que utilizam o sistema Atende.Net. Inclusive a primeira Prefeitura a disponibilizar o Pix para pagamento de tributos municipais em Santa Catarina utiliza o software da IPM Sistemas.

9) Melhor gestão do uso de materiais

Realizar um sepultamento exige uma série de materiais e equipamentos. Além disso, como qualquer outra área pública, os cemitérios também exigem manutenção constante. São gastos que precisam ser gerenciados e, novamente, contar com um sistema integrado na Prefeitura facilita o trabalho dos Servidores públicos. No caso do Atende.Net, o módulo Cemitérios se comunica com o Almoxarifado, assim ele possibilita vincular as saídas de itens aos movimentos do sepultamento. 

> Vídeo: como a tecnologia IPM ajuda a construir Cidades Inteligentes

LEIA TAMBÉM:

> Governo Digital: o que é e sua importância na gestão pública

> Cronograma do eSocial: fique atento aos prazos para Órgãos Públicos

> Novo Siafic: entenda o que muda com o Decreto 10.540

> Clientes IPM ganham Selo APS de Qualidade do Ministério da Saúde

> Atende.Net localiza MEIs registrados após a Resolução CGSIM 59/2020

 

Siga a IPM no Linkedin, Facebook, Twitter, Instagram e Youtube

Voltar Página anterior
Newsletter

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter

Retornar ao topo da página